Cornetadas

Ir em baixo

Cornetadas

Mensagem  Miguel Pereira em Seg Abr 05, 2010 7:57 am

Havendo casamento de viúvo ou viúva, quase sempre havia cornetada.
Pelo escuro da noite, durante os oito dias que a ele se seguiam, lá se ouvia aquela chinfrineira doida, vozes engrossadas pelas buzinas ou cornetas a cruzarem-se, geralmente de dois lados opostos da aldeia.
Ás vezes, calavam-se uns, se pressentiam o atingido perto, mas carregavam na intensidade os outros. E diziam coisas lindas: o desvendar de segredos, mesmo acusações sem fundamento, sobretudo relativamente ao tratamento dado áquele ou áquela que Deus levara:
"-Ó bragante! Já deste cabo de uma e queres fazer o mesmo a outra? Havia de te pôr os chavelhos, desgraçado!"
Se fora ela a viúva:
"-Ó rascosa! Não te chegou o primeiro? Também vais encornar este?"
Nem escutava tudo, ele, no seu nervosismo e atordoamento. Explodia, furioso:
"-Cães! Se vos apanho, desfaço-vos em pedaços!"
Da janela do quarto, espreitava ela, inquieta por o saber fora de casa e sujeito a perigos. Soluçava, num arrependimento fundo de se ter metido naquela aventura.
Das janelas ou do pátio, escutavam os que não tomavam parte na brincadeira: velhos, mulheres ou crianças. Muitas e muitas gargalhadas estridulavam, ou eram abafadas a muito custo pelos que não queriam perder a compostura.
Ele lá continuava na ronda. Bem se moía e não faltava um ou outro tiro disparado para o ar, a ver se punha medo e acabava com os abusos. Ás vezes, também a companheira teimava em acompanhá-lo. Não! Não queria! Não era negócio de mulheres! Ficasse em casa e fosse dormindo, que ele se encarregaria do resto. Formulava suspeitas e sentia a tentação de ir ter com alguns, á luz do dia, e esbofeteá-los. Mas desistia, por lhe faltarem certezas (ou a coragem).
Uma solução se lhes apresentava para fugirem a esta situação humilhante: passarem fora uma longa lua de mel ou refazerem em nova localidade a sua vida.

_________________
Miguel Pereira

"O que porrada e dinheiro não resolver é porque foi pouco!"
avatar
Miguel Pereira
Administração
Administração

Mensagens : 98
Data de inscrição : 19/12/2009
Idade : 38
Localização : Em Lisboa, infelizmente...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum